top of page
BLOG (2).png

TUDO SOBRE LEILÕES JUDICIAIS

Nosso blog tem como objetivo elucidar suas dúvidas sobre como participar de leilões de forma segura, transparente e ágil. Criaremos conteúdos exclusivos com dicas, informações, passo-a passos e as novidades sobre o mercado de leilões.

  • Foto do escritorRafael Sapka

Saiba qual é o prazo para pagamento de leilão após a arrematação

A etapa de pagamento após a arrematação é uma das partes mais importantes de um leilão, portanto requer cuidado e atenção.

Confira o vídeo que disponibilizamos no nosso canal do YouTube com tudo o que você precisa saber sobre Pós Arrematação. Perder o prazo para pagamento do lote arrematado pode fazer com que o comprador perca a oportunidade de investimento e, em alguns casos, a inadimplência também pode resultar em multas e problemas na justiça.

Sendo assim, neste artigo você vai conferir qual é o prazo e outras informações importantes que envolvem o processo de arrematação de um leilão. Acompanhe!

Qual e como verificar o prazo?

O prazo para pagamento de um produto adquirido em um leilão leva em consideração as informações disponíveis no edital.

Dessa forma, é necessário ler atentamente todas as regras, prazos e informações importantes sobre como proceder, pois os leilões são organizados por várias organizações distintas.

Na maioria dos casos, o prazo varia de 1 a 3 dias úteis, mas o tipo de leilão pode influenciar no prazo máximo para o pagamento.

Para pagamento à vista

Os leilões arrematados à vista tem prazo estipulado no edital, normalmente sendo de 1 a 5 dias após a arrematação.

Caso o licitante perca o prazo, o mesmo perde o direito a compra e ainda pode arcar com multas e penalidades dispostas no contrato do evento.

Para proposta

Diferentemente do exemplo supracitado, o pagamento de propostas possui uma contagem de prazo que não é pré-estabelecida. Ele deve ser esclarecido no momento da aprovação da proposta.

Quando não definido na aprovação, utiliza-se o mesmo prazo estipulado em edital, porém a ser contato a partir do momento da aprovação da oferta. Em leilão judicial, essa contagem é a partir da publicação oficial da referida decisão.

Para financiado (leilão extrajudicial)

O prazo para pagamento de um leilão arrematado via financiamento é o mais longo, podendo ser de meses e estender-se por anos.

Nesse caso, o licitante (comprador) firma um contrato com a empresa organizadora com as regras do financiamento.

Neste contrato, questões como o valor do bem, juros e outras taxas são avaliadas para chegar a um acordo entre as partes.

No entanto, recomenda-se que o comprador leia bem todas as cláusulas antes de assinar, para assegurar que possa arcar com os prazos e com o pagamento até a quitação do funcionamento.

O que acontece se eu perder o prazo?

Quem perde o prazo para pagamento de um leilão corre vários riscos e consequências desagradáveis.

1- Multas

Várias instituições organizadoras de leilão aplicam multas sobre atrasos na parcela, financiamento ou no depósito do valor do produto.

Assim, quem perde o prazo pode ser surpreendido com uma multa alta, que é cobrada de acordo com as regras estabelecidas em contrato.

2- Cobrança Judicial

O leiloeiro pode entrar contra o licitante na justiça, cobrando o valor da sua comissão devida.

No entanto, não é só isso, o indivíduo que perder o prazo ou deixar de pagar um leilão corre o risco de arcar com algumas custas do processo.

3- Impedimento de participar de novos leilões

Quem fica inadimplente no setor de leilões acaba sendo impedido de participar de novos lances futuros. Principalmente se as novas ofertas forem feitas pela mesma instituição organizadora.

4- Perda do direito de arrematação

Como é de se imaginar, perder o prazo de pagamento de um leilão após a arrematação tira da pessoa o direito à obtenção do bem ou produto.

Portanto, comprometer-se com o prazo de pagamento de um leilão é fundamental para evitar esses e outros problemas relacionados.

Leilões: prazos para pagamentos │D1LANCE

Como você pôde conferir em nosso artigo, a fase de pagamento após a arrematação em um leilão é uma das etapas mais importantes de todo o processo.

Por isso, é essencial que o comprador fique atento a todas as informações disponíveis no edital do leilão, para não correr o risco de perder o prazo ou descumprir alguma regra específica do arremate.

Mas não se preocupe, a D1LANCE está aqui para te guiar durante todo o processo!

Com a nossa vasta experiência com assessoria jurídica em leilões de imóveis, podemos garantir que você faça a escolha certa no seu investimento imobiliário.

Nós oferecemos agilidade e credibilidade em todo o processo, desde a análise inicial até a conclusão do pagamento, sempre com transparência e segurança, para que você tenha a máxima experiência e lucratividade em seu investimento.

Entre em contato agora mesmo e agende uma consultoria com nossos especialistas.


Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page